Tempo perdido não recuperado, o prejuízo de Ricciardo no Bahrein

Ricciardo voltou às pistas nesta sexta-feira (18) após uma semana de isolamento. Felizmente, mesmo contraindo Covid-19, Daniel conseguiu se recuperar a tempo da primeira semana de corrida do ano, mesmo que os resultados não tenham sido muito bons para começar o primeiro dia oficial da temporada.


O treino livre 1 foi difícil para a equipe Mclaren, que ficou com os dois pilotos abaixo dos dez melhores colocados. Poucas voltas foram completadas, apenas 19 voltas da parte de Ricciardo, que conseguiu apenas um 17 lugar com o tempo de 1:36.402. As voltas foram feitas com os novos pneus, que agora tem o patrocínio da Google, incluindo o médio (C2) que é novamente o queridinho da temporada.



O cenário não mudou muito quando o segundo treino livre chegou fazendo o Honey Badger cair uma posição nos resultados finais, mesmo assim Ricciardo melhorou dois segundos do seu tempo, ficando com 1:34.166. Apenas 12 voltas foram completadas pelo piloto australiano, isso graças a um problema de vazamento que teve de ser consertado antes do começo da sessão, mas acabou se estendendo mais do que o tempo planejado.


+ Mais notícias sobre Daniel Ricciardo


O primeiro dia oficial nas pistas não foi nada favorável para o piloto de número 3. Após perder três dias de testes, é preocupante a quantidade de tempo perdido, principalmente com esses resultados ruins. No fim, o próprio piloto Mclaren entende que o tempo perdido nos testes não chegou nem perto de ser recuperado: - A equipe notou uma perda de pressão no carro e precisaram desmontar tudo, então não foi o ideal. Estamos no contrapé. Não estamos em boa forma e precisamos saber o que está acontecendo. Podemos melhorar um pouco. Temos que encontrar o ritmo. -, falou para a Fórmula 1.


Mesmo sem o cenário ideal, Daniel Ricciardo e sua equipe têm outra chance amanhã (18) no treino livre 3, que acontece às 9:00 (horário de Brasília) e logo depois vem a classificação para decidir o grid de formação para o GP do Bahrein.

 

Siga o Ricciardo Brazil nas redes sociais: Twitter e Instagram

2 visualizações0 comentário