Ricciardo sofre com falta de competitividade do MCL36 e finaliza GP do Bahrain na 14ª posição

Australiano chegou a ocupar a última colocação, mas conseguiu finalizar a corrida deste domingo (20) entre os quinze primeiros

(Daniel Ricciardo durante o Grande Prêmio do Bahrain/McLaren F1 Team)


A abertura do calendário da Fórmula 1 (não) foi como o esperado para a McLaren e Daniel Ricciardo. Sofrendo com a aparente falta de aderência e competitividade do carro, o australiano conseguiu fechar o Grande Prêmio do Bahrein na décima quarta colocação, na tarde deste domingo (20).


+ Mais notícias sobre Daniel Ricciardo


Largando de pneus médios - diferente do restante do grid - Daniel e a equipe papaia viram a má colocação na classificação (18º) ficar ainda pior na largada: o piloto de número três caiu para P20 após a primeira volta completada, já que os compostos amarelos levou um certo tempo a mais, em relação aos macios, para esquentar.


A situação complicada se manteve ao longo das 57 voltas. Além da clara ausência de poder de reação/defesa, a unidade de potência da Mercedes se mostrou bastante lenta nas retas, o que colocou o MCL36 em circunstâncias ainda mais vulneráveis e sem condição de brigar por posições dentro da pista.


O resultado final foi garantido pela junção dos três abandonos antes da bandeira quadriculada (Pierre Gasly, Max Verstappen e Sérgio Pérez) e da opção em entrar rapidamente nos boxes para troca dos pneus médios para macios durante a aparição do safety car - causado pelo fogo no carro do francês da Alpha Tauri.


E ainda sim, Daniel teve dificuldades de se aproximar da Williams de Alexander Albon para tentar uma segunda ultrapassagem - depois de deixar Nicholas Latifi para trás - e ir em busca do décimo terceiro lugar.

Após a corrida, Ricciardo lamentou ver a McLaren brigar com o pelotão do fundo, mas não se surpreendeu com o ocorrido deste domingo, já que era previsto pela equipe desde o sábado, e o australiano havia enfatizado que usaria a primeira etapa para dar voltas com o carro e entende-lo mais.


— Parece muito simples, mas o primeiro objetivo hoje foi fazer a distância da corrida e apenas construir algum conhecimento no carro. Acho que mesmo só para mim, especialmente depois da última semana, só para conseguir esse tipo de condicionamento físico, foi bom. — analisou.

 

Siga o Ricciardo Brazil nas redes sociais: Twitter e Instagram






31 visualizações0 comentário