Ricciardo revela motivação com penalização de 5s em Sochi: "Acendeu um fogo embaixo da minha bunda"

Piloto da Renault foi penalizado por ultrapassar o companheiro de equipe ao longo da área de segurança da curva 2; australiano tinha ciência do erro e recompensou na pista


(Foto: Daniel Ricciardo/ Renault F1 Team)


Daniel Ricciardo estava com "fogo embaixo da bunda" neste domingo, durante o Grande Prêmio da Rússia. Penalizado em 5s por ultrapassar o companheiro de equipe Esteban Ocon na área de segurança da curva 2, Ricciardo precisou dar um ganho extra no carro para abrir uma diferença de 10s de Charles Leclerc, sexto colocado, e garantir o P5 sem preocupações.


+ GP da Rússia: Ricciardo "ignora" penalização de 5s e fecha domingo em Sochi na quinta colocação

"Acendeu um fogo embaixo da minha bunda e eu continuei com isso" (Daniel Ricciardo)

- Isso foi legal e eu estava orgulhoso de não deixar isso me afetar. Acho que fizemos uma corrida muito boa depois disso - disse o australiano


Pelo rádio, Daniel se desculpou com o engenheiro Karel Loos, admitindo o erro e garantiu que iria ''dirigir mais rápido'' para compensar a penalidade sofrida. Para não perder a quinta colocação após a corrida, Ricciardo precisava abrir, pelo menos, 6s de diferença para Charles Leclerc.


- Assumi total responsabilidade por isso. Eu simplesmente tranquei e passei longe. Eu pensei "provavelmente vou conseguir uma penalidade aqui." Então, quando Karel [Loos, engenheiro de corrida] me disse, eu acho que já aceitei na minha cabeça. Achei que a única maneira de eliminar a penalidade era ir mais rápido e abrir espaço para Leclerc atrás de mim - concluiu.



Siga o Daniel Ricciardo Brazil nas redes sociais: Twitter e Instagram