Ricciardo considera ter um simulador em casa para ajudar na evolução com a McLaren

Após dificuldades e decepções com a equipe papaia, Daniel Ricciardo está até considerando fazer algo inédito na carreira


(Daniel Ricciardo no festival FOS pilotando McLaren do Senna de Barcelona/McLaren F1)


Não é novidade que o início da jornada de Ricciardo com a McLaren não está sendo das mais fáceis - indo de expectativas altas ao período de adaptação. O piloto australiano já, no entanto, já entendeu que tudo isso já passou. Agora, Daniel buscar encarar de outra forma a situação para que os resultados melhorem cada vez mais.


+ Mais notícias sobre Daniel Ricciardo


Apesar da evolução nas corridas, Ricciardo ainda tem uma visível dificuldade nas classificações. Isso prejudica seus resultados e consequentemente a quantidade de pontos conquistados para a equipe e esses são apenas alguns dos motivos pelo qual Daniel está considerando recorrer a um recurso não muito comum em sua geração: ter um simulador em casa.


Algo mais familiar para os pilotos mais jovens, como o companheiro do australiano, Lando Norris. Contar com o recurso em casa, é uma possibilidade de ter um pouco mais de prática e o mais perto de um treino que os pilotos podem ter fora dos fins de semana. Porém, para pilotos como Sebastian Vettel, Lewis Hamilton e até mesmo o próprio Daniel Ricciardo, pode ser visto apenas como uma distração.


Mas, com todas as dificuldades, Ricciardo não quer deixar a mente fechada para essa opção.


— No começo eu sempre dizia: não quero ter simulador em casa porque tenho algo melhor para fazer nos finais de semana livres. Essas corridas virtuais nunca me entusiasmaram. Mas também não quero ser tacanho aqui. Talvez seja realmente uma ajuda. Isso é algo que você teria que descobrir. — disse ao Auto Motor Und Sport.


Nove corridas já se passaram e Daniel ocupa o oitavo lugar no mundial de pilotos com quarenta pontos, enquanto o britânico da McLaren, Norris, é o quarto colocado com 101. Recentemente, Ricciardo passou algum tempo no simulador da equipe, no Centro Tecnológico da escuderia.

Siga o Ricciardo Brazil nas redes sociais: Twitter e Instagram