O que Norris e Verstappen têm que Ricciardo não quer

Peça originalmente publicada no site RacingNews365.com

(Daniel Ricciardo durante o Grande Prêmio do Bahrain/Getty Images)


Daniel Ricciardo diz que atualmente não deseja a "segurança" de um contrato de longo prazo com a F1, após acordos marcantes assinados pelo companheiro de equipe da McLaren , Lando Norris, e Max Verstappen , da Red Bull.

+ Mais notícias sobre Daniel Ricciardo

Norris e o atual campeão mundial Verstappen foram manchetes da pré-temporada ao colocar caneta no papel em longos novos acordos que os ligavam às suas equipes até 2025 e 2028, respectivamente.

Enquanto isso, Ricciardo está entrando na penúltima temporada de seu contrato com a McLaren, após uma campanha mista em 2021 que levantou questões sobre o futuro de longo prazo do australiano na equipe.


Ricciardo "não deseja" os acordos assinados por Norris e Verstappen


Questionado pelo RacingNews365.com se ele tem alguma preocupação em não ter um acordo de longo prazo semelhante aos de Norris e Verstappen, Ricciardo foi claro em sua resposta.

— Não, de jeito nenhum. Acho que é realmente apenas uma fase diferente na minha carreira — comentou.

— Obviamente para não me antecipar, mas não estou procurando por isso, tipo, segurança de cinco anos ou algo assim. Acho que olhando para frente, [no] final do próximo ano, estarei chegando aos 34, 35 , então em meados dos anos 30.

— Acho que para fechar algo realmente a longo prazo agora...Pode ser algo que eu chegue no meio deste ano, e eu fique tipo, 'Sim, eu quero anexar mais três anos a isso'.


— Mas digamos que, quando assinei o contrato de três anos, parecia um bom tempo para me dar, com o tipo de segurança e conforto que eu precisava.

— Os contratos de cinco anos, para alguém da idade de Lando ou Max, eu entendo totalmente. Não estou desejando essa coisa de longo prazo.


Ricciardo ainda acha que pode lutar pelo título?

Após a temporada de montanha-russa mencionada na McLaren, Ricciardo continua confiante de que pode retomar sua carreira e ainda atingir seu objetivo de vida de lutar por um Campeonato Mundial.

Questionado se ele sente que 'perdeu o barco' em termos de um desafio pelo título, ele disse: — Não, não sinto. Acho que por dois motivos claros.

— Ainda sinto o mesmo desejo e crença em mim mesmo, que posso fazer isso, e se esse sentimento começasse a diminuir, com certeza, eu seria como uma 'bandeira vermelha'.

— Lewis [Hamilton] também é um exemplo brilhante de que você ainda pode se apresentar no mais alto nível até os 30 anos. E [Fernando] Alonso pode ser outro exemplo ainda mais extremo. Mas Lewis obviamente ganhou títulos mundiais em seus 30 e poucos anos.

— Basicamente, esses dois fatores estão me dando - digamos - todo o tipo de confiança que eu preciso.

Ricciardo: Talvez eu ainda não tenha atingido meu pico


De fato, Ricciardo espera se beneficiar de cada temporada que passa à medida que sua carreira na F1 se estende, novamente usando Hamilton como exemplo.

— Na verdade, ouvi Lewis dizer algo recentemente em uma entrevista, ou deve ter sido no ano passado, mas é muito verdade - até ele disse que nunca encontrou a volta perfeita — acrescentou Ricciardo.


— Estamos sempre procurando por algo que acreditamos ser capazes, mas podemos não conseguir.

— Com certeza, mostrei que posso ser o melhor, houve ocasiões, mas obviamente estou tentando mostrar isso todo fim de semana.


Ele acrescentou: — Voltando para a coisa da idade, talvez eu ainda não tenha atingido meu pico, então isso também é o que eu penso: 'Ainda posso fazer isso nos meus 30 anos'".

 

Siga o Ricciardo Brazil nas redes sociais: Twitter e Instagram

84 visualizações0 comentário