GP da Rússia: Daniel Ricciardo mantém ritmo dos treinos e crava P5 no classificatório em Sochi

Piloto da Renault chegou a sentir o gostinho da pole position no Q2, mas Lewis Hamilton se recuperou quebrando mais um recorde





Terceira fila para Daniel Ricciardo! O australiano, que ao longo dos treinos livres ficou impressionado com o próprio desempenho, conseguiu manter o nível da sexta-feira, e do manhã pela sábado, e irá largar na quinta colocação, ao lado de Sergio Pérez, neste domingo, às 8h10 (Brasília).


+ GP da Rússia: Daniel Ricciardo crava presença no top 3 da sexta-feira de treinos livres


O terceiro treino livre

Às 6h (de Brasília), as luzes verdes se acenderam para o último treino livre antes do Grande Prêmio de Sochi. Apresentando um ritmo semelhante ao de sexta-feira, Ricciardo conseguiu cravar o segundo melhor tempo com 1m35s672.


A segunda simulação de classificação, no entanto, foi um pouco curiosa. Daniel vinha com um primeiro setor roxo, baixando o tempo de Lewis Hamilton, até que na segunda parte do circuito, o retrovisor do carro de número 3 estava desregulado e o australiano, há 300km/h tentou arrumar.


Por conta do ''pequeno'' acerto, Daniel Ricciardo finalizou o TL3 em 10º.


O classificatório

No classificatório não foi diferente. O australiano mostrou que a Renault neste ano, diferentemente das temporadas passadas, conseguiu encontrar o balanço do carro. Logo na primeira tentativa do Q1, Ricciardo utilizando pneus médios, marcou o tempo de 1m34s344 e foi para os boxes ocupando a sétima colocação.


Na segunda tentativa, Daniel conseguiu baixar ainda mais o tempo. O piloto da Renault finalizou a primeira parte do classificatório em P6, com 1m33s650. Já no Q2, Ricciardo conseguiu sentir o gostinho da pole, ao cravar 1m32s218 o australiano assumiu a primeira posição.


Lewis Hamilton, que era detentor do melhor tempo, teve a voltada deletada. Logo em seguida, Sebastian Vettel se acidentou ao bater nos pneus de proteção causando uma bandeira vermelha há 2 minutos e 15s para o fim do Q2. Pelo tempo conquistado, Ricciardo não saiu dos boxes e viu Hamilton passar em 4º.