Em um fim de semana abaixo do esperado, Ricciardo chega em 11º lugar e não pontua no GP da Espanha

Atualizado: Jan 3

Australiano da Renault chegou a assumir a quarta colocação por conta dos boxes adversários, mas não conseguiu escalar o pelotão novamente

(Foto: Renault F1 Team/Reprodução)


Fim do fim de semana abaixo da média para Daniel Ricciardo. O australiano que conseguiu melhorar duas posições em relação ao grid de largada, saindo de 13º para 11º ao fim do circuito, não conseguiu figurar entre os dez primeiros e saiu de Barcelona sem nenhum ponto da bagagem.


Na largada, e utilizando pneus médios, Ricciardo conseguiu subir uma posição, tentou atacar Vettel, mas não percebeu a chegada de Kvyat, com isso retornou para a posição inicial de 13º lugar.


Na volta de número 16, Alexander Albon, da RedBull foi para o box e com isso, Daniel assumiu a 12º posição. Posteriormente, com a parada do Kvyat, Ricciardo conseguiu três posições, assumindo o P9.


Pouco depois, mais uma parada nos boxes fez com que Ricciardo subisse mais uma posição com 24 voltas completadas. Com a parada de Lance Stroll, piloto da Racing Point, Ricciardo - ainda com pneus médios - assumiu a sétima colocação.


Na metade do Grande Prêmio da Espanha, o piloto australiano ainda estava com o mesmo set de pneus do início da corrida e com as paradas dos adversários conseguiu saltar para 4º lugar.


Com um primeiro stint de 36 voltas, Daniel foi para os boxes e colocou os pneus macios. A estratégia da Renault era de apenas uma parada para os pilotos. Com isso, o australiano voltou para o circuito em 13º, mas conseguiu superar Kimi Raikkonen e assumiu a 12ª posição.


Há 19 voltas para o fim, Ricciardo não conseguiu escalar o pelotão para recuperar as posições conquistadas ao longo da corrida e até o fim do GP permaneceu em P11, mas conseguiu ser duas posições melhor do que na largada. Lewis Hamilton, Max Verstappen e Valterri Bottas compuseram o pódio neste domingo.


Com o encerramento do circuito na Espanha, a Fórmula 1 descansa por uma semana e só retorna às pistas na Bélgica, no GP de Spa, no fim de semana do dia 30 de agosto.