De P5 para P14: Daniel Ricciardo roda na pista e não pontua no GP de 70 anos da F1

Atualizado: Jan 3

Piloto estava em quinto no grid de largada, mas no duelo com o espanhol Carlos Sainz perdeu o controle da traseira do carro



(Foto: Renault/Reprodução)


O domingo não foi dos melhores para Daniel Ricciardo. Largando em P5, o piloto da Renault não conseguiu manter o desempenho, rodou na pista e terminou a corrida em 14º lugar, fora da zona de pontuação.


Logo na largada, Ricciardo não conseguiu segurar a posição. Ao tentar ultrapassar Nico Hülkenberg, da Racing Point, o australiano acabou perdendo a quinta colocação para Lance Stroll. Com uma estratégia diferente da adotada na corrida do fim de semana passado, optando por três paradas, Daniel foi para o primeiro box antes da décima volta e colocou compostos médios que não deram resultados.


Andando no pelotão do meio, Daniel Ricciardo brigava com Vettel, Sainz, Kvyat e Ocon por posições, quando voltou aos boxes para trocar os pneus de faixa amarela para duros. Na

31ª volta viu Carlos Sainz passar pela direita e ao tentar não tocar no piloto da McLaren, perdeu a traseira do carro e rodou na curva perdendo posições consideravelmente.



(Daniel Ricciardo perde a traseira do carro e roda na pista - Foto: Reprodução/Globo)


Por conta do ocorrido, Ricciardo teve que parar uma vez extra nos boxes para troca de pneus e conferir se estava tudo bem com o carro - se nenhuma peça foi danificada. Por isso, o piloto caiu para 17º lugar e conseguiu fazer uma leve recuperação finalizando em P14.


Em entrevista à F1, Daniel Ricciardo disse que mesmo perdendo posições por conta das paradas nos boxes, a equipe conseguiria brigar por colocações melhores no grid, no entanto, a defesa contra a investida de Sainz foi prejudicial.


- É, hoje foi um daqueles dias para esquecer, que você deixa de lado. Antes de qualquer coisa, obviamente, nós tentamos aprender com os erros. Parecia que tínhamos começado ok, mas depois da largada nós colocamos outro set de médios e aquele set de médios não funcionou. Então, voltamos para os boxes para colocar um set de duros e nós perdemos muita posição com isso, mas tudo bem, nós vamos brigar. Porém, eu fui defender do ataque do Carlos e acabei perdendo a traseira do carro e aquilo foi nossa corrida, progressivamente escapou das nossas mãos. É quando você só quer abaixar a cabeça e...(risos) ir para casa, mas tudo bem! Acho que o melhor que a gente pode fazer agora é tentar entender o que a gente pode melhorar e, é, descobrir o que é! - analisou.




(Foto: F1/Reprodução)


Max Verstappen, da Red Bull foi o vencedor do circuito, seguido pelas Mercedes de Lewis Hamilton e Valtteri Bottas.


No campeonato de pilotos, Ricciardo segue em nono lugar com 20 pontos, atrás dos pilotos da Racing Point, Sergio Pérez, com 22 e Lance Stroll com 28. Agora, a Fórmula 1 viaja para Barcelona, onde disputará o circuito de Spa.

23 visualizações0 comentário

© 2020 por Equipe Ricciardo Brazil.    |