Daniel Ricciardo e Mônaco: Um fim de semana para “jogar fora e seguir em frente”

Atualizado: há 3 dias

Depois de ter o pior final de semana com a McLaren, Daniel Ricciardo finaliza o quinto Grande Prêmio da temporada de 2021 e dessa vez um dos mais importantes para o australiano, o GP de Mônaco


*Laura Santos

(Daniel Ricciardo em Mônaco/McLaren F1)


Desde quinta-feira a Fórmula 1 tomou as ruas de Mônaco com os seus vinte pilotos, entre eles Daniel Ricciardo, "o dono das ruas” do principado Europeu. Infelizmente, a mensagem que ele carregou no capacete especial para essa semana não foi a mesma que passou na pista. O carro de número três terminou todas as sessões fora dos dez primeiros melhores colocados, assim como no resultado final deste domingo.


+ Mais notícias sobre Daniel Ricciardo


A corrida em si foi parada, o australiano perdeu uma posição na largada tranquila e demorou um tempo considerável para se recuperar. Ao longo da prova, os pilotos fizeram seus pit stops, assim como Daniel, que saiu dos compostos médios para os duros. Esse foi um ponto muito importante para o restante das 78 voltas e Ricciardo falou sobre isso para a Fórmula 1.


— Houve algumas voltas no duro onde eu tinha, vamos dizer, pista limpa. E… Eu não sei a situação dos pneus, mas eu acho que era o mais rápido na pista naquele momento. Então eu acho que tiveram alguns momentos de, talvez, positividade. Mas com os médios, no começo, foi muito… sem ar. Sabe? Eu sentia que estava patinando(...) — analisou.

A situação não melhorou quando Daniel, que estava preso atrás de Kimi Raikkonen, se viu uma volta atrás de seu companheiro de equipe, Lando Norris, recebendo uma bandeira azul e dando pista livre para o britânico passar. Se Barcelona, quando Ricciardo terminou à frente de Lando, deu confiança para ele, Mônaco certamente abalou um pouco do sentimento que havia conquistado.


Daniel escolheu rir da situação, por agora, especialmente depois que a equipe papaia conquistou um pódio pela terceira vez no ano. Mas, com certeza, o australiano segue com esperança de melhorar a situação e “seguir em frente em Baku”, pista que a F1 visita no dia 6 de junho.

Siga o Daniel Ricciardo Brazil nas redes sociais: Twitter e Instagram